11/04/2019 às 08h07min - Atualizada em 11/04/2019 às 08h07min

Prefeito Sidrack Feitosa fala sobre problemática de enchentes no Maranhão durante encontro com Ministro do Desenvolvimento Social.

O prefeito de Morros, Sidrack Feitosa, que participa em Brasília, desde esta segunda-feira, (08), da programação da XXII Marcha em Defesa dos Municípios falou nesta terça-feira (09), durante encontro com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, sobre a situação dos municípios da região do Munim em razão das enchentes provocadas pelas fortes chuvas. Segundo o prefeito morruense é necessária uma atenção maior ao Maranhão que já alcança 18 municípios em situação de emergência.

“Apesar de não estarmos incluídos na lista de municípios maranhenses em estado crítico em razão das chuvas, nos unimos as necessidades de todos os 18 municípios, inclusive o vizinho Icatu, que passam nesse exato momento por sérios transtornos, famílias desabrigadas e até mesmo sem água potável”, alertou o prefeito.

Durante o encontro que contou com a presença do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, o ministro Canuto se comprometeu em visitar as cidades atingidas pelas enchentes no Maranhão. “Não há bandeiras, partidos, mas o compromisso de auxiliar pessoas atingidas pelas enchentes e alagamentos”, afirmou o ministro durante reunião com os prefeitos.

Ainda nesta terça-feira, (09), o prefeito Sidrack Feitosa também visitou o Ministério da Agricultura em busca de projetos que beneficiem o setor agrícola e pesqueiro. Na oportunidade também foi recebido pelo senador Weverton Rocha que garantiu visita ao município durante as festividades de aniversário dos 121 anos do município, e também encontrou-se com a senadora, Eliziane Gama, bem como líderes da bancada federal maranhense.

Já nesta quarta-feira (10), o prefeito segue em cumprimento a agenda que volta a ter encontro oficial com o senador Weverton Rocha, e na oportunidade inaugura uma sala para os prefeitos em seu gabinete. No período da tarde, Sidrack também participa de reunião com a bancada federal maranhense para tratar sobre reivindicações referentes às áreas da saúde, a exemplo da pauta que pede a equiparação da renda per capta da saúde do Maranhão ao valor aplicado para cada habitante, além de gestão e educação que discute de forma recorrente o precatório do Fundef.

Link
Notícias Relacionadas »
ss